Notícias

31 de Janeiro de 2012

OpenStack automatiza o universo cloud

O crescimento do mercado de cloud computing vem motivando vários avanços no mundo de desenvolvimento dessa nova forma de processar a TI. Destaca-se nessa evolução o projeto de software colaborativo e aberto OpenStack, criado há cerca de dois anos e que já reúne uma das maiores comunidades abertas de desenvolvedores do planeta.   


O conjunto de software para construir e gerir nuvens públicas ou privadas OpenStack foi criado pela Rackspace e a NASA, transformando-se em uma fundação independente em outubro de 2011. Atualmente, possui  147 organizações e empresas participantes, entre elas a, Dell, Intel, Cisco, HP, SoftLayer e Zeus, além dos criadores, segundo o site da entidade.


“A proposta do OpenStack é ser o padrão aberto e gratuito mais eficiente para a construção de nuvem”, informa Renato Armani, chief innovation officer da Dualtec, um dos criadores do blog BrasilOpenStack e integrante da equipe da empresa que vem estudando e testando os software há mais de um ano.  A empresa mandou alguns de seus representantes para o OpenStack Conference & Design Summit for Fall 2011, em Boston, no ano passado, para inteirar-se das últimas novidades do projeto.  


O OpenStack  visa a gestão, orquestração e automação dos recursos de TI que envolvem a construção de uma nuvem privada ou a utilização de nuvens públicas.  Por exemplo, uma empresa que possui um e-commerce com alto volume de acesso, reunindo equipamentos físicos e virtuais, pode fazer uso dos recursos do OpenStack  para manter a sua loja virtual automaticamente estável à medida que os acessos aumentam. O provisionamento automático se dará a partir determinação de que, a cada X números de acessos ao site, se dê uma duplicação da máquina virtual correspondente e o balanceamento com a original.


Além da automação de recursos e da confiabilidade proporcionada pela arquitetura do conjunto de software, o OpenStack tem entre as suas vantagens permitir que as aplicações interajam com os recursos de infraestrutura existentes na nuvem de uma empresa.  Um dos maiores reconhecimentos dessas vantagens é a opção do Mercado Livre pela construção de uma nuvem privada com o uso do OpenStack. A plataforma de vendas online do Mercado Livre reúne quase 60 milhões de consumidores do Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Equador, México, Peru, Uruguai e Venezuela.


Desenvolvedores


Programadores, desenvolvedores de computação em nuvem e pessoal de TI responsável por cloud encontram no site da entidade um guia que ajuda a entender melhor o projeto e a sua arquitetura.  O “guia para principiantes” oferece uma visão geral do OPenStack em sua versão atual (diablo). No site, há também uma instalação de exemplo para o Ubuntu 11.10 (Oneiric Ocelot) E no blog BrasilOPenStack, é possível ainda encontrar a primeira parte do guia traduzida para o português.


No dia 2 de fevereiro, a comunidade OpenStack agendou um BugSquash, uma verdadeira caça às bruxas de bugs. O evento é apenas um dos que traduzem a dinâmica colaborativa para aprimorar os software.   


Este artigo pode ser reproduzido desde que mencionado o crédito:
Por Bárbara Hartz, publicado pelo site da Dualtec.

Voltar

Ecossistema:

  1. Infraestrutura

Av. Washington Luís, 5644 - Sto. Amaro, São Paulo - SP - 04626-001 - 55 11 5033-5900

407 NW 10th Terrance, Hallandale Beach, FL 33009

© Dualtec Informática S.A Todos os Direitos Reservados